Apito Final: Recursos do Boavista e Pinto da Costa avaliados esta sexta-feira


Apito Final: Recursos do Boavista e Pinto da Costa avaliados esta sexta-feira
O Conselho de Justiça (CJ) da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) está reunido para apreciar os recursos apresentados pelo Boavista e por Pinto da Costa, no âmbito do caso "Apito Final", anuncia a agência Lusa. Em causa estão as decisões da Comissão Disciplinar (CD) da Liga que determinaram a descida de divisão aos "axadrezados" e a suspensão por dois anos do presidente do FC Porto.



Parece estar para breve a conclusão do caso "Apito Final" e todas as questões pendentes da decisão do CJ da FPF relativamente aos recursos do Boavista e de Pinto da Costa.

Recorde-se que o clube "axadrezado" foi punido por actos de coacção sobre árbitros, tendo sido penalizado com a descida de divisão. Caso o organismo decida alterar esta decisão, o Boavista mantém-se na Liga principal de futebol e o Paços de Ferreira descerá à Liga de Honra.

Nos últimos dias, tem sido referido que o CJ pode aplicar ao clube do Bessa a perda de nove pontos em vez da descida de divisão. Se tal acontecer, o Paços de Ferreira afasta-se do futebol durante um ano, assegura o presidente do clube.

Já Pinto da Costa foi castigado por duas tentativas de corrupção, pelas quais ao FC Porto foram subtraídos seis pontos, decisão da qual o clube não recorreu. No entanto, o líder dos "dragões" apresentou recurso da suspensão de dois anos de que foi alvo pela CD.




Notícias: 1ª Liga