Apostas suspensas para o Feirense-Rio Ave

Santa Casa achou que havia um volume anormal de apostas no Placard.

Um dos jogos da noite passada da I Liga, entre Feirense e Rio Ave, foi notícia ainda antes do seu início. O Departamento de Jogos da Santa Casa da Misericórdia suspendeu a realização de apostas no duelo de Santa Maria da Feira.

A Santa Casa justificou a medida, em comunicado, anunciando que recebeu um número anormal de apostas, com um risco financeiro elevado. O jornal 'Record' acrescentou que um chinês, na Póvoa de Varzim, apostou 100 mil euros na vitória do Feirense. As apostas nas casas online, BetClic e bet.pt, também foram suspensas.

A equipa da casa ganhou por 2-1 e, no final, o treinador do Rio Ave demonstrou que não gostou que levantassem suspeitas à volta de um eventual resultado combinado. "Isto mexe com qualquer profissional, ninguém gosta de que coloquem em causa a nossa seriedade. Ficamos incomodados", afirmou Luís Castro.

Nuno Manta Santos, treinador do Feirense, assegurou que nem o técnico nem os jogadores sabiam desta informação: "Não podemos difamar tanto o futebol português com este tipo de situações. Temos de valorizar aquilo que é bom no nosso futebol, como foi o jogo hoje. E o jogo responde a isso: se houve um jogo com resultado combinado, não foi neste".

Notícias: 1ª Liga