Belenenses defende-se no Caso Meyong


Belenenses defende-se no Caso Meyong
O Belenenses entregou na Comissão Disciplinar (CD) da Liga Portuguesa de Futebol Profissional a sua defesa no âmbito do "Caso Meyong". Está em causa a alegada utilização irregular do avançado camaronês num jogo do campeonato que pode custar a retirada de 6 pontos, mas os responsáveis de Belém acreditam que o processo disciplinar acabará por dar-lhes razão. Entretanto surge o nome de Miguel Ferreira, actual administrador da SAD, como candidato à presidência do clube.



Com a crise directiva instalada no emblema no seguimento da demissão de Cabral Ferreira devido ao famigerado caso, Miguel Ferreira chegou à administração da SAD depois de ter
liderado o departamento juvenil do clube.

Este elemento fazia parte da direcção de Cabral Ferreira e agora apresenta-se como candidato às eleições para a direcção do Belenenses que estão agendadas para o próximo dia 29 de Março.


Notícias: 1ª Liga