Luís Filipe Vieira ferido por pedras

O autocarro do Benfica e o carro do presidente foram atacados na auto-estrada, quando regressavam de

O autocarro da equipa de futebol do Benfica e o carro em que seguia o presidente, Luís Filipe Vieira, foram apedrejados na autoestrada A41, quando regressavam a Lisboa após a goleada em Paços de Ferreira.

O líder dos “encarnados” terá sofrido ferimentos ligeiros na mão direita, na sequência dos vidros que partiram e entraram na viatura, também danificada no capô, devido ao impacto das pedras.

De acordo com uma fonte do Benfica, contactada pela agência Lusa, “foi atirado um saco de pedras de um viaduto, o único sem policiamento no trajecto até ao Porto, que atingiu o autocarro que transportava a equipa e resvalou para o carro do presidente”.

“O carro do presidente era o que estava imediatamente atrás do autocarro e foi atingido. Se não fosse o carro que é, podíamos estar a falar de outro tipo de consequências”, disse a mesma fonte.

Na sequência do apedrejamento, o autocarro que transportava a equipa de futebol parou no local, o quilómetro 22 da A41, sentido Porto, tal como o carro do presidente e a restante comitiva dos “encarnados”.

Depois de cerca de 30 minutos de paragem, o autocarro rumou a Lisboa, enquanto o carro do presidente ficou na A41, à espera do reboque.

Notícias: 1ª Liga