Menos equipas significa mais competitividade?

mrtaz diz: "não posso deixar de reparar
que os 3 melhores campeonatos de futebol da Europa possuem 20 equipas,
enquanto o português está a reduzir o seu nº para 16 no final desta época. Acho
que esta opção é má para o futebol português, pois havendo menos equipas
a competir, as melhores conseguirão sobrepôr-se ainda mais às mais fracas dado
que podem fazer uma gestão do plantel mais folgada. Será que o nº mais
elevado de equipas não obriga a uma gestão mais rigorosa dos plantéis e aproxima
as equipas em termos de qualidade? Acham que a redução de equipas é a
solução?"

Notícias: 1ª Liga