Modelo da Taça da Liga aprovado pela direcção da LPFP

Hermínio fala da necessidade de compatibilizar o calendárioO grande problema para a organização da competição prende-se com a necessidade de «compatibilizar o calendário com a Federação Portuguesa de Futebol», conforme nota Hermínio Loureiro, o presidente da LPFP.Quanto ao modelo da Taça da Liga, na primeira eliminatória os clubes dos campeonatos profissionais serão divididos por dois potes conforme as classificações nas respectivas Ligas, definindo-se jogos a uma mão em que os emblemas da Primeira Liga defrontarão sempre fora de casa os da Honra. Na segunda eliminatória as equipas serão distribuídas em dois potes conforme os resultados da fase anterior, com partidas disputadas novamente a apenas uma mão. Na terceira ronda os embates serão a duas mãos com as quatro equipas vencedoras a realizarem na quarta fase da prova um campeonato entre elas, jogando todas contra todas. Os dois primeiros classificados disputarão a final em apenas um jogo num campo neutro.Susana Valente

Notícias: 1ª Liga