Seria «pecado» Nuno Assis falhar Mundial, diz treinador do Guimarães


Seria «pecado» Nuno Assis falhar Mundial, diz treinador do Guimarães
O Vitória de Guimarães consolidou o quinto lugar na Liga Sagres depois de ter ganho ao Nacional por 2-0, ficando a dois pontos do Sporting antes da visita a Alvalade. E o treinador dos vimaranenses aproveitou o fim do jogo para dizer que «seria um pecado não ver o Nuno Assis na África do Sul».




Paulo Sérgio, técnico do Vitória, constata que não vê «nos clubes grandes atletas com o mesmo nível dele» e envia o recado a Carlos Queiroz, salientando que não quer acreditar que «por não jogar num grande ou no estrangeiro, tenha menores credenciais». O treinador realça ainda que «é um jogador que exala perfume».

Quanto ao embate contra o Nacional, ganho graças a golos de Roberto (8') e Desmarets (35'), Paulo Sérgio, considera que «o Vitória mereceu ganhar pelo que fez em todo o jogo», sublinhando que foi uma equipa «esclarecida, com muito futebol». Para o embate da próxima jornada em Alvalade, o treinador repara que os de Guimarães vão «determinados em vencer» e que não serão «influenciados» pela posição na classificação.

Do lado da formação madeirense, o treinador Manuel Machado fala em «dois erros graves» dos seus jogadores, «primeiro num canto e depois numa saída deficiente para o ataque«, frisa referindo-se aos lances que originaram os dois golos vitorianos.

O Nacional está no oitavo lugar da tabela com 29 pontos, a 4 pontos do Vitória.

Notícias: 1ª Liga