Sporting regressa às vitórias em Setúbal

9 dias depois da derrota no Bonfim para a Taça de Portugal, o Sporting venceu esta noite o Vitória de Setúbal por 3-0, em jogo que encerra a 14ª jornada da Liga ZON Sagres.

Com este triunfo, e após o deslize do Vitória de Guimarães, que perdeu em Aveiro com o Beira-Mar, o Sporting isolou-se no terceiro posto com 25 pontos, menos 13 que o líder FC Porto e menos cinco que o Benfica, segundo classificado, enquanto os sadinos são 14/os com 13 pontos, mais quatro do que a primeira equipa situada abaixo da linha de despromoção.

Dois golos de Yannick Djaló e um de Abel garantiram hoje o triunfo do Sporting por 3-0 frente ao Vitória de Setúbal. A render o castigado Hélder Postiga, Yannick Djaló soube aproveitar a oportunidade e marcou dois tentos, aos 20 e 56 minutos, tendo Abel, aos 39 , também anotado o seu tento.

Proibido de perder pontos, sob pena de fazer subir ainda mais a contestação dos adeptos, o treinador do Sporting colocou Abel como lateral direito e voltou a apostar em João Pereira no meio-campo, enquanto Yannick Djaló substituiu o castigado Hélder Postiga.

E foi Yannick Djaló que deu vantagem aos leões, aos 20 minutos, correspondendo da melhor forma a um cruzamento da direita do chileno Valdés. O avançado do Sporting recebeu a bola, rodopiou sobre si próprio e rematou sem hipóteses para o guarda-redes Diego.

A perder, o treinador do Vitória de Setúbal, Manuel Fernandes, trocou de imediato um defesa por um avançado, fazendo entrar Henrique para o lugar de Anderson, mas a substituição não surtiu efeito, porque Abel, com um remate rasteiro à entrada da grande área, aos 39 minutos, colocou o Sporting a vencer por 2-0, resultado com que se chegou ao intervalo.

Na etapa complementar, o Vitória de Setúbal, que tão boa imagem tinha dado no jogo da Taça de Portugal – em que venceu o Sporting por 2-1 –, caiu ainda mais de produção, permitindo aos "leões" gerirem a partida como mais lhe convinha.

Mais seguro e mais ofensivo, o Sporting chegou sem surpresa ao 3-0, na sequência de uma jogada rápida de Liedson e João Pereira, com este último a oferecer o terceiro golo da partida a Yannick Djaló.

A melhor oportunidade da equipa sadina surgiu aos 68 minutos, quando Sassá rematou forte já dentro da grande área, mas Rui Patrício, com uma boa defesa, evitou o golo.

Já em tempo de descontos, um livre de Cláudio Pitbull, muito apagado durante toda a partida, também poderia ter dado o golo de honra aos sadinos, mas Rui Patrício, com mais uma grande defesa, garantiu a inviolabilidade da baliza "leonina".

 

FICHA DE JOGO:

Jogo no Estádio do Bonfim, em Setúbal.

Vitória de Setúbal – Sporting, 0-3.

Ao intervalo: 0-2.

Marcadores:

0-1, Yannick, 20 minutos.

0-2, Abel, 39.

0-3, Yannick, 56.

Equipas:

- Vitória de Setúbal: Diego, Ney, Ricardo Silva, Valdomiro, Anderson (Henrique, 23), Silva, Zeca, Miguelito (Sassá, 62), Neca (Michel, 67) Jaílson e Cláudio Pitbull.

(Suplentes: Matos, François, Michel, Miguel Lourenço, Sassá e Henrique).

- Sporting: Rui Patrício, Abel, Carriço, Polga, Evaldo, João Pereira, André Santos, Maniche, Valdês (Saleiro, 70), Yannick (Diogo Salomão, 86) e Liedson (Zapater, 81).

(Suplentes: Tiago, Torsiglieri, Nuno André Coelho, Cédric, Zapater, Saleiro e Diogo Salomão).

Árbitro: João Capela (Lisboa).

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Miguelito (05), Polga (31), Zeca (41), Silva (43), Yannick (45+1), Maniche (52) e Sassá (75).

Assistência: cerca de 4000 espetadores.

Notícias: 1ª Liga