Três expulsões e drama em Paços de Ferreira

Com algumas peripécias pelo meio, Cícero foi herói contra o Arouca.

Três golos, três expulsões, duas reviravoltas diferentes, uma grande penalidade e um golo aos 90 minutos. Houve agitação e drama na vitória do Paços de Ferreira sobre o Arouca por 2-1, num dos encontros deste sábado relativos à 13.ª jornada da I Liga.

A jogar fora de casa, o Arouca ainda esteve em vantagem graças ao golo de Pintassilgo, a três minutos do intervalo. O Paços chegou ao descanso a perder e com 10 jogadores no relvado porque Minhoca foi expulso logo a seguir a este golo.

Na segunda parte, aos 58 minutos, Miguel Oliveira foi expulso e na sequência Urreta empatou, num penálti. Bruno Amaro deixou o Arouca com nove elementos aos 80 minutos e, numa das últimas jogadas do encontro, Cicero deu a vitória ao conjunto da casa.

O Paços de Ferreira iguala provisoriamente o Sporting de Braga no quinto lugar (22 pontos), enquanto o Arouca continua em situação complicada, acumulando somente nove pontos, dividindo agora o penúltimo posto com a Académica.

Notícias: 1ª Liga