Formação nos pequenos a desaparecer

A verdade nua e crua é que apesar de todas as imposições e regulamentações, estes clubes continuam sem ter lucros dessas criações, nem financeiros, nem desportivos. Os 2 clubes que cito são os casos mais visíveis que merecem a minha atenção dada a minha proximidade das duas cidades implicadas.A minha questão é: será que o futebol português não fica mais pobre tendo em conta que a formação destes jogadores está tornar-se insustentável e dá lugar à sua extinção, recorrendo ao futebol de fora? Não estará a ficar descaracterizado? Que futuro? Não será a protecção não eficaz destas equipas às investidas dos mais afortunados que leva estes clubes à falência?Contem casos que conheçam, digam o que vos vai na alma!Heitor Nunes

Notícias: 2ª Liga