Fiusa em vias de recorrer aos tribunais civis

O presidente do Gil Vicente não desiste e quer o clube de Barcelos na primeira liga.

O Conselho de Justiça da Federação Portuguesa de Futebol não aceitou o recurso do Gil Vicente, que contestava o facto de ter sido aceite a inscrição do Vitória de Setúbal e Boavista na primeira liga. De resto, já tinha sido mediática a discussão na terça-feira, nas eleições para o presidente da liga de clubes, que envolveu António Fiusa, presidente dos gilistas, e os dirigentes do Vitória de Setúbal, entre eles Paulo Grencho.

Em comunicado, o Gil Vicente diz que "interpôs o recurso para o conselho de justiça respeitando todos os regulamentos aplicáveis, sendo o recurso tempestivo e legítimo, nada obstante ao seu recebimento." O clube da cidade de Barcelos adiantou ainda que irá dar "conhecimento às autoridades policiais e judiciais de toda a factualidade que apurou no decurso de todo este processo de candidaturas, para que sejam devidamente apuradas todas as circunstâncias e responsabilidades das pessoas coletivas e singulares envolvidas.

Recorde-se que no dia 2 deste mês foi apresentado um recurso via fax, mas o Conselho de Justiça nem sequer chegou a julgar os argumentos dos gilistas por estes não terem realizado o pagamento inicial necessário ao processo.