Portugal pede à FIFA para retirar amarelo a Cristiano Ronaldo


Portugal pede à FIFA para retirar amarelo a Cristiano Ronaldo
A Federação Portuguesa de Futebol (FPF) enviou à FIFA um pedido de despenalização para Cristiano Ronaldo que viu um cartão amarelo no Portugal-Costa do Marfim (0-0), na estreia da equipa das quinas no Mundial da África do Sul. A FPF alega que o capitão luso foi provocado.




O lance em causa aconteceu aos 20 minutos do jogo do Grupo G quando o árbitro Jorge Larrionda exibiu o cartão amarelo a Cristiano Ronaldo e a Demel. A FPF defende que o internacional português «foi rasteirado e empurrado à entrada da grande área da Selecção da Costa do Marfim» e que foi «rodeado por jogadores adversários, tendo sido empurrado e insultado». «Apesar das provocações, Cristiano Ronaldo aceitou, sem reclamar, o facto de o árbitro não ter assinalado falta disciplinar contra esses jogadores, a qual se impunha nos termos das Leis de Jogo», acrescenta ainda a Federação num texto divulgado no seu sítio da Internet.

A estrutura apoia assim o seu pedido de despenalização à FIFA na «disparidade na amostragem dos cartões».


Foto: fpf.pt/FPARAISO