Dias da Cunha fala em promiscuidade de interesses no Estoril-Benfica

CASO NÃO FAVORECE OBJECTIVOS DO MANIFESTO
Na continuação das críticas, Dias da Cunha sustenta ainda no A Bola que «é
errada a possibilidade de combinar posições assim, o que não favorece a
transparência, não favorece os objectivos do manifesto», acrescenta
referindo-se ao pacto assinado entre
Sporting e Benfica em Janeiro passado. «Não basta dizer que queremos
transparência», nota ainda o presidente leonino, alertando que é preciso
«no nosso comportamento favorecer a transparência». Dias da Cunha
ressalva contudo no mesmo diário estar «convencido de que o presidente do
Benfica é absolutamente sincero na concordância com as ideias do
manifesto».

___________________________________________
LEIA AINDA:
- Estoril admite jogar
com Sporting e Porto em Leiria e no Bessa
- Árbitro Hélio Santos
apita Estoril-Benfica
- Estoril com
Amoreirinha e Yannick contra o Benfica