Gil Vicente anuncia nova falta de comparência


Gil Vicente anuncia nova falta de comparência
Depois de ter falhado os jogos com Feirense e Estoril-Praia, o Gil Vicente também não vai comparecer ao encontro com o Trofense da jornada 4 da Liga de Honra. O clube de Barcelos anuncia em comunicado que «continua a aguardar serenamente uma decisão do Tribunal Administrativo e Fiscal de Lisboa» no âmbito do "Caso Mateus" e sublinha que permanece «plenamente convicto que a razão e o direito lhe assistem». Por isso os gilistas só admitem jogar na Primeira Liga.

A direcção do Gil Vicente salienta que «preparou a presente época» com vista à participação na principal Liga portuguesa e por isso o clube continua a recusar-se a jogar na Honra, frisando que «apenas admite ocupar o lugar que por direito próprio conquistou na Liga BWIN e aí disputar os jogos respectivos».
No comunicado publicado no sítio oficial dos galos na Internet refere-se ainda que a actual situação «está a gerar prejuízos avultados» ao clube, considerando-se que «oportunamente» serão solicitadas «responsabilidades aos seus causadores». A direcção gilista alega também que as complicações financeiras advindas do imbróglio «não podem ser evitadas com a participação na Liga de Honra».
Não marcando presença no jogo com o Trofense será a terceira falta de comparência sucessiva dos gilistas. Se o clube repetir a ausência na jornada 5 será excluído das competições profissionais, sujeitando-se ainda a uma multa que pode ir até aos 150 mil euros, conforme o exposto no artigo 59, ponto 3, do Regulamento Disciplinar.