Liga decide despromoção do Gil Vicente na secretaria

Gil Vicente diz que é tudo uma mentiraBelenenses e Gil Vicente ainda não foram notificados da decisão da CD, mas A Bola adianta que a Liga de Clubes já decidiu em favor da queixa do Belenenses. O presidente dos gilistas assegura contudo que a CD ainda não se reuniu para debater esta questão, salientando em declarações à Rádio TSF que «isto é tudo uma mentira».
António Fiúza refere que em Barcelos estão «cientes da nossa razão» e que aguardam com «tranquilidade e serenidade» o desfecho do caso.Na base deste processo está o angolano Mateus, jogador convocado para o Mundial da Alemanha e cuja inscrição por parte do Gil Vicente em Janeiro de 2006 suscita dúvidas. O atleta tinha contrato com o Lixa das divisões secundárias e a Liga de Clubes não permitiu a inscrição de Mateus como profissional, uma vez que teria contrato de amador. Esta posição vai ao encontro dos regulamentos que não permitem que um atleta passe de amador a profissional na mesma época, mas o Gil Vicente recorreu aos Tribunais Civis que vieram posteriormente a dar-lhe razão. A Liga foi então "forçada" a aceitar a inscrição do atleta que alinhou em vários jogos. Ora este é o ponto que poderá consumar a descida de divisão dos gilistas, já que as normas da FIFA não permitem que os clubes recorram à Justiça ordinária para decidir questões do foro desportivo. O artigo 63º do Regulamento Disciplinar da Liga determina a despromoção para os clubes que agirem deste modo.Atento a estas circunstâncias está o Belenenses que apresentou queixa dos gilistas na Liga perspectivando a permanência na primeira Liga por via da burocracia, depois de ter sido o melhor classificado dos clubes que foram relegados desportivamente na época finda.Susana Valente