André Horta mandou e o Benfica venceu

Jovem médio parece ser o novo comandante do campeão nacional.

O nome que provavelmente se destaca mais da vitória do Benfica sobre o Wolfsburgo por 2-0 é André Horta. Os avançados Mitroglou e Jonas marcaram os golos mas o jovem médio parece ser o novo comandante do campeão nacional.

No jogo particular realizado na Áustria neste domingo, os processos de Rui Vitória já foram visíveis, sobretudo na segurança a defender. Atacar também se tenta, várias vezes, mas faltam as necessárias precisão e coesão, normal nesta altura.

Com Júlio César, Lindelöf e Jonas a voltarem a aparecer, o Benfica pressionou e bem, embora ainda tenha permitido espaços durante a primeira parte. No segundo tempo o Wolfsburgo nem teve qualquer oportunidade de golo.

Do meio-campo para a frente, Fejsa esteve seguro e André Horta é quem lança melhor a bola para o ataque - deverá ser o substituto de Renato Sanches, pelo menos para já. Foi o jovem de 19 anos que fez um grande passe para Gonçalo Guedes; o avançado assistiu Mitroglou e o grego inaugurou o marcador a meio da segunda parte. Perto do final, numa recarga, Jonas fechou as contas de baliza aberta.

Notícias: Benfica