Benfica 1-0 Borussia: "Há dias amaldiçoados"

A visão alemã sobre a derrota do Borussia Dortmund na Luz.

O Benfica ficou mais perto de atingir os quartos-de-final da Liga dos Campeões, na noite passada, ao vencer em casa o Borussia Dortmund por 1-0, no encontro da primeira "mão" dos oitavos-de-final do torneio.

Uma partida que teve três protagonistas: Mitroglou, que marcou o único golo do encontro ao abrir a segunda parte, Ederson, que realizou algumas defesas fantásticas, e sobretudo Pierre-Emerick Aubameyang, que desperdiçou quatro oportunidades claras de golo, incluindo uma grande penalidade.

"Em 10 jogos como este..." - No dia seguinte o 'Süddeutsche Zeitung' destaca que foi a falta de eficácia a maior responsável pelo resultado em Lisboa. E não a defesa, alvo das maiores críticas nas últimas semanas.

"Houve posse de bola, presença, carisma, boas combinações, foi um desempenho acima da média. No entanto, faltou um complemento fundamental: converter as oportunidades, isso foi catastrófico", descreve o jornal, que realça as quatro oportunidades perdidas por Aubameyang.

"Há dias amaldiçoados", disse o diretor desportivo Michael Zorc, incrédulo com o que tinha visto na Luz. O defesa Sokratis, também citado pelo jornal, afirmou: "Em 10 jogos como este, normalmente ganhamos nove e meio".

Tirar Aubameyang? Nunca - O 'Die Welt' sublinha reações de duas figuras do futebol alemão: Michael Ballack e Ottmar Hitzfeld.

Ballack usou a sua conta no Twitter para criticar o treinador do Borussia, Thomas Tuchel, quando este retirou do jogo Pierre-Emerick Aubameyang, a cerca de meia hora do final: "Ao minuto 62, a sério? Estes são os momentos em que temos que estar cem por cento com os nossos grandes jogadores".

Ottmar Hitzfeld também não concordou com essa substituição: "A minha atitude sempre foi diferente: mantinha sempre em campo os meus goleadores, mesmo que tenham falhado uma grande penalidade. Eles ainda poderiam marcar um golo aos 90 minutos".

O segundo duelo está marcado para o dia 8 de março, em Dortmund.

Notícias: Benfica