Benfica: Alan acusa Javi Garcia de insultos racistas

"Um menino chamado Javi García insultou-me e chamou-me preto de merda", denunciou avançado bracarens

Alan acusou Javi Garcia de insultos racistas, no decorrer do jogo Sporting de Braga-Benfica.

“Um menino chamado Javi García insultou-me e chamou-me preto de merda, e ao Djamal também. Estava com a mão à frente, por não ter coragem. Desejou a morte dos meus filhos. Devia ter cuidado com o que diz, pois o capitão do Benfica é negro, o lateral-esquerdo também, e 70 por cento dos adeptos do Benfica também são”, acusou Alan à rádio Antena 1.

O avançado bracarense diz ter consciente da gravidade da acusação. "Ainda vai passar muita água por este rio", sublinhou.

Alan comentou ainda as declarações de Artur no final do jogo. Recorde-se que o guarda-redes do Benfica disse que “depois de o Sporting de Braga fazer o golo acabaram os apagões”.

“Foi um problema técnico, não foi o mesmo que fizeram ao FC Porto, quando desligaram a luz. O Artur sabe que também não havia água no nosso balneário. Acho que foi mandado dizer tudo isso pelos seus superiores”, atirou Alan.

Notícias: Benfica