Benfica: Artur assume que empate com Basileia "é justo"

Miguel Vítor diz que "está tudo em aberto" e Rodrigo fala em "batalhar para seguir em frente".

O guarda-redes do Benfica Artur considera que o empate a um golo com o Basileia, em jogo da jornada 4 da Liga dos Campeões, "terá de ser considerado justo". "Estaríamos frustrados se tivéssemos tido um volume de jogo grande e não conseguíssemos vencer", salienta o jogador, realçando que não foi o caso.

"É a segunda vez que entramos a ganhar e depois baixamos de produção. Nestes níveis, quando se perde intensidade, as coisas tornam-se difíceis", repara o guardião que recusa comentar a ideia de que o treinador Jorge Jesus, ausente do banco por castigo, pode ter feito falta à equipa. "Estas coisas passam-se dentro de campo, demos o máximo e o máximo que conseguimos foi um empate", aponta.

Perspetivando a ida a Old Trafford, Artur nota que "o jogo de Manchester vai ser difícil e quem for melhor vai vencer", conclui.

Miguel Vítor reforça que "está tudo em aberto", sublinhando que se o Benfica ganhar em casa ao Otelul Galati segue para os "oitavos". "Temos tudo nas nossas mãos", sublinha.

Quanto ao fato de ter entrado para o lugar de Luís Martins para jogar a lateral-esquerdo, Miguel Vítor sustenta que está "sempre disponível para ajudar a equipa".

Rodrigo, o autor do golo do Benfica, um grande golo por sinal, atesta que está "a trabalhar bem", lamentando que não está feliz "porque faltou a vitória" "Mas a equipa jogou bem e vamos continuar a batalhar para seguir em frente", salienta o avançado que diz que quer "conquistar" o seu espaço na equipa.

Notícias: Benfica