Benfica imparável goleia Belenenses

Mitroglou e Jonas repartiram os golos no Restelo.

O Benfica continua imparável. Os encarnados golearam esta sexta-feira o Belenenses, por 5-0, no arranque da 21.ª jornada, e subiram provisoriamente à liderança da liga portuguesa, à espera do que o Sporting fizer na segunda-feira. Mitroglou e Jonas repartiram os golos no Restelo.

Em 2016, o Benfica leva já nove vitórias em outros tantos jogos. Mais: nestes nove desafios, marcou 32 golos (média de 3,6 por encontro) e sofreu 5. Notável, mesmo tendo em conta que este ano ainda não defrontou um adversário verdadeiramente forte. O jogo da próxima semana, com o FC Porto, vai servir para desfazer dúvidas.

No Restelo, o Benfica dominou por completo as operações. A equipa do Belenenses, moralizada com a vitória nos Barreiros, entrou a tentar jogar de igual para igual e a estratégia saiu-lhe cara, em especial na segunda parte.

Gaitán poderia ter inaugurado o marcador, logo aos 2 minutos, mas falhou por pouco. A primeira parte foi animada, com o Benfica a ter a iniciativa do jogo e a protagonizar quase todas as jogadas de ataque. Do outro lado, a equipa da casa só rematou uma vez à baliza, por Carlos Martins e as poucas iniciativas ofensivas eram normalmente anuladas pelo estreante Lindelof, que esteve alguns furos acima de Jardel.

O primeiro golo surgiu aos 41 minutos. Pizzi, com mais uma assistência, cruzou da direita para uma cabeçada certeira de Mitroglou, que fuzilou Ventura. O guarda-redes azul foi mal batido.

Se a primeira parte o Benfica foi mais forte, no segundo tempo foi avassalador. Jonas, aos 53 minutos, com uma boa iniciativa fez o 2-0 e acabou com as esperanças belenenses. Logo a seguir, aos 58, Mitroglou elevou para 3-0, dando sequência a mais um cruzamento de Pizzi. O goleador grego completou o hat-trick aos 76, depois de um bonito passe de calcanhar de Gaitán. Finalmente, Jonas acabou a contagem aos 88, com a assistência a sair desta vez de Carcela.

Vai ser escaldante, o embate com o FC Porto na sexta-feira.

Equipas:

Belenenses - Ventura; André Geraldes, Aguilar, Gonçalo Brandão e Fábio Nunes; Miguel Rosa (André Sousa, 64’), Ruben Pinto (Gonçalo Silva, 46’) e Bakic (Dias, 83’); Carlos Martins; Sturgeon e Juanto.
Suplentes: Ricardo Ribeiro, André Sousa, Tiago Caeiro, Dias, Filipe Ferreira, Tiago Almeida e Gonçalo Silva.

Benfica - Júlio César; André Almeida, Lindelof, Jardel e Eliseu (Sílvio, 69’); Pizzi (Carcela, 79’), Renato Sanches, Samaris e Gaitán; Jonas e Mitroglou (Talisca, 83’).
Suplentes: Ederson, Sílvio, Nélson Semedo, Gonçalo Guedes, Talisca, Carcela e Raul Jimenez.

Notícias: Benfica