Benfica: Jesus admite Huntelaar e saídas de Di María e Quim


Benfica: Jesus admite Huntelaar e saídas de Di María e Quim
Jorge Jesus está à espera que Di María e Quim deixem a Luz e admite que o holandês Klaas-Jan Huntelaar (AC Milan) pode ser hipótese perante uma eventual transferência de Óscar Cardozo. Ideias que o treinador do Benfica deixou em entrevista ao "Trio de Ataque" da RTP-N.





Huntelaar foi apontado na imprensa desportiva como hipótese para os encarnados para substituir Cardozo, o melhor marcador da época 2009/2010, no caso de o avançado paraguaio sair da Luz. Jesus assume que o nome do internacional holandês, cujo passe é avaliado em 12 milhões de euros, está em cima da mesa. Mas o treinador encarnado gostaria mesmo é que «o Cardozo ficasse». «É difícil arranjar um jogador que marque 38 golos com a nossa capacidade financeira», sustenta o técnico na RTP-N.

Na mesma entrevista Jesus revela que o ciclo do guarda-redes Quim no Benfica terminou. «O Júlio César tem contrato, o Quim terminou o dele, esteve sempre à altura das decisões, mas como o Benfica vai buscar um guarda-redes, o Quim já sabe o futuro», constata o treinador. Mais claramente, quando o jornalista lhe pergunta se «o Quim já sabe que vai sair do Benfica», Jesus responde que «ele já sabe».

E sobre o guardião a contratar, Jesus nota que «é muito difícil o Eduardo vir para o Benfica, não estou a dizer que é impossível, mas é muito difícil», reforça. Aquilo que é certo é que o comandante dos campeões nacionais quer um guarda-redes que «possa dar pontos» ao clube.

Também a saída de Di María parece certa nas contas do treinador. «Já estou a pensar num Benfica sem ele e tudo aponta para que Di María saia, por isso contratámos o Gaítan, que também joga em três posições», frisa.

Quanto à posição de lateral-esquerdo, o treinador do Benfica descarta a contratação de algum jogador, considerando que tem «o Peixoto» e que «o Coentrão dentro de um ano, um ano e pouco, vai ser dos melhores do mundo».

Jesus fala ainda de Fábio Faria, contratado ao Rio Ave, para considerar que gosta de «um central canhoto» e que o ex-vilacondense «é português, tem 1,90 metros e condições para crescer como jogador».

No âmbito pessoal, o técnico aponta que tem a «convicção» de que vai «ganhar a Champions League». «Não sei em que ano a vou ganhar, mas que vou ter capacidad para o fazer, não tenho a mínima dúvida», reforça, revelando que teve dois convites para treinar no estrangeiro, um deles de uma equipa que disputa a Liga Milionária.


Foto: slbenfica.pt


Notícias: Benfica