Benfica: Jesus e Rúben Amorim vão falar como "pessoas crescidas"

Treinador encarnado diz que é um jogador "muito inteligente" e aquele que na Luz "conhece melhor" as

Jorge Jesus não dá relevância de maior às declarações de Rúben Amorim que, aquando da integração no estágio da Seleção, para os jogos contra Islândia e Dinamarca, se mostrou feliz por Paulo Bento não pensar como o treinador do Benfica que não tem apostado nele na equipa da Luz.

"Falarei com ele como com todos os jogadores que neste momento estão nas Seleções”, afiança o técnico em declarações recolhidas pela Agência Lusa durante uma visita à Fundação Gil que apoia famílias de crianças com necessidade de tratamentos de saúde prolongados.

Jesus garante "não querer ir por" uma multa, cenário traçado como possível para amenizar o caso, notando que ambos vão "falar como duas pessoas crescidas".


"O Rúben [Amorim] é o jogador que me conhece melhor no Benfica, sabe das minhas virtudes e dos meus defeitos", aponta também Jesus, frisando que é um atleta que tem "em consideração como muito inteligente em todos os aspetos". "Essa inteligência dele e a minha vai ser para depois podermos falar", analisa.

O treinador encarnado fala ainda das recentes declarações do presidente Luís Filipe Vieira que insinuou que Jesus deveria dedicar-se ao Benfica em vez de encetar "guerrilhas" com o rival do FC Porto, Vítor Pereira, pelos média. "Presidente é presidente", aponta Jesus. "O presidente assume as responsabilidades em todas as áreas", acrescenta, alertando contudo que vai "falar sempre daquilo que queira".

 

Notícias: Benfica