Benfica: Rui Rangel deverá concorrer contra Vieira

O juiz desembargador estará a preparar o anúncio da candidatura às eleições do próximo dia 26 de out

O juiz desembargar Rui Rangel estará a preparar o anúncio da sua candidatura à presidência do Benfica. O Diário de Notícias refere que essa oficialização deverá acontecer entre sexta-feira e segunda-feira.

Rui Rangel terá estado reunido, na segunda-feira à noite, num restaurante de Lisboa, com "um grupo de apoiantes", designadamente Fernando Tavares, ex-vice-presidente do Benfica para as modalidades, frisa o mesmo jornal. O juiz estará a ser pressionado para avançar contra Luís Filipe Vieira e estará mesmo decidido a fazê-lo.

Há dias, na Rádio Antena 1, Rui Rangel teceu declarações que abriam a porta a uma candidatura, frisando que "o Benfica, como clube democrático que é, deve aceitar o debate de ideias construtivo". Dizia ainda que "chegou o momento de pensar o Benfica numa lógica vitoriosa no plano dos resultados desportivos".

Nas eleições passadas, Rui Rangel esteve associado ao Movimento Benfica Vencer, Vencer. Desta feita, poderá assumir uma candidatura em nome próprio e poderá ter a seu lado nomes como Bagão Félix, João Carvalho, Camilo Lourenço e Manuel Boto, conforme noticia o jornal Record.

Rui Rangel é um dos nomes que o Grupo 'Por Ti Benfica' encara como uma boa possibilidade, para suceder a Vieira, conforme reconheceram os seus elementos em entrevista recente ao Relvado.

Entretanto, o atual presidente deverá anunciar a sua recandidatura no sábado, dia em que vai participar num jantar na Bairrada, o mesmo local onde, há três anos, Vieira confirmou que concorreria a mais um mandato.

Notícias: Benfica