Benfica: sócios chumbam contas e Vieira sai com proteção

Confusão na Assembleia Geral dos encarnados esta quinta-feira à noite: Relatório e Contas não foi ap

As contas do Benfica foram chumbadas pelos sócios em Assembleia Geral e Luís Filipe Vieira saiu escoltado por seguranças da reunião magna que decorreu esta quinta-feira à noite.
 
O Relatório e Contas relativo à época 2011/2012 foi reprovado na Assembleia Geral Ordinária, que se realizou no pavilhão n.º 2 da Luz e juntou cerca de 600 sócios. No total de votos apurados, 6.988 (56,7%) foram contra, 4.000 (40,2%) a favor e 387 (3,1%) abstiveram-se.

Recorde-se que o Relatório e Contas da época passada registou um resultado negativo de 12,9 milhões de euros.

Pelo que se sabe, e apesar de não ter sido permitida a presença de jornalistas, a Assembleia Geral decorreu debaixo de críticas à gestão. Depois de Vieira discursar, rebentou um petardo no pavilhão.

O presidente saiu protegido por seguranças do clube, com os sócios a gritar “demissão, demissão”.

Acompanhe os artigos do Relvado no Facebook e no Twitter.

Notícias: Benfica