Benfica derrota Sporting com momento "artístico"

Um belo golo de Lima sentenciou o dérbi lisboeta. Vitória importante para a turma da Luz.

Benfica e Sporting protagonizaram neste domingo o jogo mais aguardado da 26.ª jornada da I Liga, no Estádio da Luz: a equipa da casa venceu por 2-0.

O Sporting começou melhor. Criando agitação ofensiva do lado direito, sobretudo através de um irrequieto Bruma, e situações perigosas em dois pontapés de canto, a defesa da Luz tremeu nos primeiros minutos. Pelo meio houve duas quedas na área caseira, primeiro com Garay sobre Wolfswinkel e depois Maxi sobre Capel; duas possíveis faltas, nada foi assinalado.

O Benfica não encontrava o seu ritmo habitual e falhava muito. No setor defensivo havia espaços para o adversário e, do meio campo para a frente, havia muitas perdas de bola. Mas o Sporting também deixou de criar perigo e a partida ia decorrendo sem grande espetacularidade.

Na primeira jogada bem construída de início ao fim por parte do Benfica, aos 35 minutos, surgiu o golo. Cruzamento do lado esquerdo de Gaitán e o compatriota Salvio apareceu com velocidade no lado contrário para inaugurar o marcador. Um 1-0 contra a toada do jogo (apesar de uma melhoria ligeira benfiquista após o golo) que se manteve até ao intervalo.

Lima sentenciou - O equilíbrio era predominante na segunda parte. Voltou a ser a equipa de Alvalade a ser a primeira a "assustar", graças a Dier e Joãozinho, com resposta por parte de Gaitán, também sem sucesso. E, após estes minutos iniciais algo agitados, voltou o cenário morno e com poucos momentos dignos de registo. Entretanto, duas contrariedades para Jesualdo Ferreira, já que Dier e Miguel Lopes saíram lesionados.

O jogo estava dividido. Não muito espetacular, mas repartido, intenso e com entrega visível por parte dos atletas. Até que, a um quarto de hora do final, apareceu no relvado da Luz um bom exemplo de uma expressão usada por Jorge Jesus, noutros tempos: a nota artística. Momento de classe de Gaitán, assistência de Salvio, uma parte final de jogada que parecia de futebol de praia, com bola pelo ar, e belo golo de Lima. 2-0 e o vencedor estava encontrado, apesar de uma boa reação leonina na reta final do dérbi.

Vitória importante para o Benfica na luta pelo título e novamente quatro pontos de vantagem sobre o FC Porto. O Sporting regressou às derrotas, perdeu a oportunidade de passar para o quinto lugar e continua na confusão instalada na procura pela Europa: são seis equipas separadas por apenas dois pontos - embora o Vitória de Guimarães não entre nestas contas.

Equipas

Benfica:

Artur
Maxi, Luisão (Jardel), Garay, Melgarejo
Matić, Enzo, Salvio, Gaitán (André Gomes)
Lima, Cardozo (Ola John)

Sporting:

Rui Patrício
Miguel Lopes (Boulahrouz), Ilori, Rojo, Joãozinho
Rinaudo, Dier (Schaars), André Martins
Bruma, Wolfswinkel, Capel (Viola)

Marcador: Salvio (35'), Lima (74')

Notícias: Benfica