Benfica: "Vieira andou a passear, em vez de estar concentrado"

Para José Veiga, o Benfica não vai conquistar mais troféus se não tiver uma estrutura forte.

O Benfica precisa de uma estrutura forte se quiser ver a sua equipa de futebol voltar a erguer troféus, analisou José Veiga, que não culpa Jorge Jesus pelo insucesso triplo, mas sim a estrutura do clube lisboeta.

"Apenas culpo o Jesus pela forma como comunicou, principalmente quando falou em época brilhante. Mas a culpa está na estrutura do clube. Enquanto o Benfica não tiver uma estrutura forte, o Benfica não vai conseguir vencer nada. Vai continuar como nos últimos anos, a culpar os árbitros", analisou, em entrevista à TSF.

Veiga espera uma mudança de postura por parte do presidente Luís Filipe Vieira, uma "capacidade" que já deveria ter após 12 anos no cargo, considerou, elogiando o "trabalho fantástico" do treinador Jorge Jesus.

"Se Luís Filipe Vieira se sentir capaz de emendar os erros sim, deve continuar. Mas ele tem de ter a capacidade de mudar. Ao fim de 12 anos, já devia ter essa capacidade. Vamos continuar com os mesmos problemas. O Jesus fez um trabalho fantástico no que toca ao futebol espetáculo, mas depois falta-lhe uma estrutura por trás", disse o antigo dirigente do Benfica.

José Veiga criticou ainda a comunicação do emblema da Luz, que "também tem de mudar, não se pode continuar com populismos, só a atirar areia para os olhos dos sócios", antes de voltar a criticar Luís Filipe Vieira, acusando o presidente de não se concentrar para os jogos decisivos frente a Estoril e Vitória de Guimarães.

"O presidente achou melhor ir passear para o Brasil do que estar concentrado no jogo com o Estoril. Quando se está a lutar por um título tem de se estar concentrado, desde o presidente aos jogadores. Este presidente achou que era melhor ir para o Brasil do que assistir ao jogo. Agora, na última semana, foi para a feira das vaidades, em Londres, em vez de preparar a final da Taça", acrescentou o empresário. 

Notícias: Benfica