Crónica: Benefícios e Prejuízos

Como em tudo, há que subentender certas e determinadas coisas...Facto 1: O Sport Lisboa e Benfica é o maior clube português.Facto 2: A quantidade de interesses e, em particular, de dinheiro (e aqui convém relembrar quantos estão verdadeiramente dependentes dos sucessos e obviamente dos desaires do emblema da águia) que rodeiam o clube supera largamente a dos seus adversários directos.Facto 3: Quando o Benfica está bem, não beneficia somente os adeptos «da casa», mas todo um manancial de estruturas que os rodeiam, sendo particularmente relevante destacar os clubes pequenos que fazem da visita do Benfica motivo de júbilo: balão de oxigénio financeiro!Facto 4: Os benefícios desta época não suplantam os de épocas anteriores. Têm simplesmente mais visibilidade.Facto 5: Os prejuízos idem. Têm é menos visibilidade.Facto 6: Até o Benfica ter saido do primeiro lugar na época passada, a novela do "colinho" e afins era, sem tirar nem pôr, a mesma a que estamos a assistir este ano. A única diferença é que nesta época a equipa está a jogar, e de forma admirável, futebol!Facto 7: (Atenção: Facada aos adeptos portistas!) É desonesto e redutor limitar o que tem conseguido o Benfica a personagens que calcorreiam os corredores da Liga e/ou a ajudas dos árbitros, criticando exactamente com os mesmos argumentos que tanto repudiaram ao longo dos últimos 10 anos. Diferença: o Benfica não tem a pretensão à verdade e não assenta a sua política numa lógica ditatorial de um único homem, por muito que queiram passar a imagem do Luís Filipe Vieira como o Anti-Cristo.Facto 8: O FC Porto tem recebido igual benefício/prejuízo ao longo desta época. Só não está é no «lugar que é dele por direito» (citando Nuno Espírito Santo).Facto 9: O Benfica está melhor!Facto 10: Vão ter que se aguentar!Facto 11: É imperativo que o Benfica (à semelhança do Real Madrid em Espanha) ganhe um campeonato de tempos em tempos. O país precisa e todo um conjunto enorme de instituições, empresas, pessoas, o próprio Estado necessitam de tal. Não sou hipócrita ao ponto de achar que tal não é evidente. Contudo, e mesmos percebendo a indignação de certas situações quando o Benfica joga mal (mesmo sabendo que tais situações são recorrentes e incidem, de forma variável, sobre os três grandes) não as consigo perceber quando o Benfica joga bem e demonstra, EM CAMPO, uma evidente superioridade.GVF

Notícias: Benfica