Enke: Mourinho chocado com morte do seu primeiro guarda-redes


Enke: Mourinho chocado com morte do seu primeiro guarda-redes
José Mourinho manifestou-se «chocado» e «muito abalado» com a morte do alemão Robert Enke, que foi o seu primeiro guarda-redes enquanto treinador principal de futebol, no Benfica, no final do ano 2000.



«Estou chocado. Foi uma notícia completamente inesperada, que me deixou muito abalado», disse à Agência Lusa o treinador do Inter de Milão, que orientou Enke durante cerca de três meses, na sua curta passagem pelo Benfica, onde se estreou como técnico principal.

Mourinho lembrou que Enke foi o seu «primeiro guarda-redes» e sublinhou alguns traços do carácter do jogador, que se suicidou terça-feira perto de Hannover, na Alemanha: «recordo dele a serenidade, a simpatia, a educação, o profissionalismo, as suas preocupações de carácter social e não só».


Lusa


Notícias: Benfica