FC Porto-Benfica: Jesus justifica goleada com inspiração de Hulk

O treinador do Benfica, Jorge Jesus, justificou este domingo a goleada sofrida no Estádio do Dragão, frente ao FC Porto, por 5-0, com a inspiração do avançado brasileiro Hulk.

"O FC Porto esteve forte, nós sabíamos que tínhamos de tentar parar os seus extremos, principalmente o Hulk. As mudanças que fizemos visavam isso, mas o Hulk teve numa noite inspirada", frisou o técnico "encarnado", em declarações à estação televisiva Sporttv.

Jesus disse que o FC Porto "em quatro jogadas ofensivas fez três golos", admitindo que, após a expulsão do defesa brasileiro Luisão, aos 66 minutos, "a perder por 3-0 e com um jogador a menos, tudo ficou mais complicado".

"Com o tempo, o FC Porto fez o quarto e o quinto golo, mas teve numa noite inspirada e Benfica não esteve tão bem", salientou.

Para Jesus, a superioridade portista foi notória, com destaque para a prestação de Hulk, autor de dois golos neste "clássico", e que até tinha merecido especial atenção da defensiva "encarnada", com a colocação de David Luiz na lateral esquerda.

"A ideia era termos um jogador forte no um contra um do lado do Hulk, mas depois alterámos e não resultou. O Hulk estava inspirado e o FC Porto hoje esteve mais forte que o Benfica", reiterou.

Apesar da desvantagem de 10 pontos para o líder FC Porto, o treinador do Benfica recusou dar como perdido o campeonato, até porque ainda só estão disputadas 10 jornadas.

"Não, estamos no primeiro terço do campeonato. É verdade que o FC Porto tem uma pontuação significativa, que moraliza, mas há muito campeonato por decidir, outras provas para conquistar, mas vai ser muito difícil", concluiu.

 

 

*** Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico ***

 

Foto: Lusa

Notícias: Benfica