Fernando Santos diz que faltou frieza ao Benfica


Fernando Santos diz que faltou frieza ao Benfica
«Sabíamos que era difícil, mas acreditávamos que era possível». É assim que Fernando Santos aborda o jogo que o Benfica perdeu no reduto do Manchester United por 3-1, resultado que dita a "queda" da equipa portuguesa da Liga dos Campeões para a Taça UEFA como terceiro classificado do Grupo F. O treinador da Luz nota que «faltou frieza» à sua formação para vencer «uma grande equipa». «Para se ganhar estes jogos tem de haver muita frieza», salienta o engenheiro, considerando que o momento que contribuiu decisivamente para a eliminação das águias da Liga Milionária foi a derrota em casa precisamente com o mesmo Manchester.





Menos Benfica e mais Manchester

Quanto à partida em Old Trafford, Santos nota que o Benfica entrou no jogo «muito bem organizado, sempre com controlo da situação, bem em termos defensivos», mas na segunda parte o Manchester «acabou por ser demasiado forte», destaca. O técnico considera que o golo do empate apontado pelos ingleses já nos descontos da primeira metade «marcou muito o jogo animicamente». O engenheiro entende que os Red Devils «reagiram fortes» ao golo portentoso de Nélson marcado aos 27 minutos e lamenta que «o Nuno Gomes podia ter feito o 2-0, numa ou duas situações de ataque rápido podia ter resolvido», afiança.
Porém na segunda parte «houve menos Benfica e mais Manchester», destaca Santos, frisando que «só depois do 2-1 voltámos a ter o nosso querer, o acreditar», refere. «O Simão teve duas oportunidades, mas o 3-1 acabou por matar o jogo», conclui, realçando que o «Manchester dominou a partir daí».
Do lado do Manchester Sir Alex Ferguson agradece a Nélson o golo marcado cedo, frisando que teve o condão de acordar a sua equipa. «Começámos devagar e só quando eles marcaram é que começámos a jogar», diz o técnico escocês, referindo que a sua equipa «melhorou ao longo do jogo».
Na análise às formações apuradas para os oitavos-de-final da Liga dos Campeões, Ferguson diz que há «muita qualidade» e que é «absolutamente fantástico que cinco equipas britânicas continuem na competição». Além do Manchester, também Chelsea, Arsenal, Liverpool e Celtic disputam a próxima fase da prova cujo sorteio vai decorrer a 15 de Dezembro, ocasião em que o Benfica ficará a conhecer os adversários para os dezasseis-avos-de-final da Taça UEFA.


Foto: Agência Lusa

Notícias: Benfica