Jorge Jesus: "Empate com sabor a derrota"

Treinador do Benfica diz que o Benfica "normalmente não se deixa empatar depois de ter uma vantagem

Jorge Jesus, treinador do Benfica, em declarações à TVI no final do empate a dois golos no terreno do Gil Vicente:

"Foi um empate com sabor a derrota. Entrámos muito fortes, conseguimos fazer dois golos, mas depois sofremos um a acabar a primeira parte, o que deu confiança e crença aos jogadores do Gil Vicente de que seria possível virar o resultado".

"Na segunda parte criámos várias oportunidades para marcar e o Jara desperdiçou um lance na cara do guarda-redes que poderia ter acabado com o jogo. O Gil Vicente acreditou sempre que poderia empatar e acabou por consegui-lo, com um excelente golo do Laionel. Mantiveram-se sempre depois bem posicionados defensivamente, não nos deixando criar espaços".

"Estivemos a vencer por 2-0 e os jogadores tinham margem para gerir. Normalmente, o Benfica não se deixa empatar depois de estar a vencer por 2-0... Depois do empate, os jogadores ficaram um pouco apreensivos e reagiram com o coração".

"O Aimar pediu para sair, pois tinha uma lesão muscular".

Notícias: Benfica