Jorge Jesus: "Foi uma vitória à campeão!"

O Benfica sofreu para derrotar o Marítimo por 2-1, no Estádio da Luz, e Jorge Jesus diz que "foi uma

"Fomos buscar aquilo que não tínhamos", salienta o treinador do Benfica. "Foi uma vitória à campeão", reforça Jorge Jesus no rescaldo do triunfo conseguido de modo sofrido sobre o Marítimo.

O técnico das águias sustenta que "a equipa do Benfica está com uma alma e uma cadência muito fortes", atestando que a "confiança" que a anima foi fundamental para chegar ao triunfo. Além disso, foi "o público que nos transportou para esta vitória", diz Jesus. "Os adeptos deram uma grande alma à equipa", considera.

O comandante da Luz assume que os seus jogadores acusaram algum cansaço depois do jogo de quinta-feira, da Liga Europa, em Estugarda, mas frisa que o Benfica jogou "94 minutos no meio-campo do Marítimo".



Sobre as críticas do Marítimo ao homem do apito, Jesus nota que "se alguém tem que se lamentar do árbitro neste jogo é o Benfica". Para o treinador é evidente que "o golo anulado [pelo árbitro Vasco Santosa Luisão foi] sem justificação nenhuma" e cita ainda "uma grande penalidade na primeira parte sem assinalar".

Jardel foi a grande novidade no onze do Benfica ao lado de Luisão e o central promete "trabalhar forte" e "esperar os próximos jogos" para continuar a dar o seu melhor. Sobre o triunfo constata que foi "uma vitória de guerreiros, de campeões!".

 

Notícias: Benfica