Jornal Record e Comunicação Social em Geral ...

Não estará a nossa comunicação social, banal e sem qualquer tipo de qualidade hoje em dia? Que fazer

Há alguns dias a esta parte o jornal Record parece ter como principal foco nas suas publicações, o Benfica.

Dou como exemplo uma manchete baseado num post de um tweeter particular, em que falava numa suposta agressão a Aimar. Ora após desmentido, o Jornal Record renunciou-se ao silêncio...

Depois, mais uma vez, o Record volta à carga. Ele são propostas por Cardozo, ou o mal estar na suposta despedida de Coentrão.

Falei no Record, mas poderia dar muitos mais outros exemplos... Todos sabemos que cada vez mais a nossa imprensa, se aproxima e muito ao estilo tabloide inglês. Reflete em muito também a nossa cultura e anima a nossa discussão, a que chamo de tasco.

A minha questão prende-se sobre quem controla e até onde a liberdade de escrita dos nossos órgãos de comunicação social pode ir sem que se tire consequências disso. Não falo numa "pide" obviamente, mas estão em causa, empresas (SAD's) e estas noticias podem ter custos muito negativos nas mesmas.

Relvas, termino perguntando. Não estará a nossa comunicação social, banal e sem qualquer tipo de qualidade hoje em dia? Que fazer? Cumprimentos

Acompanhe os artigos do Relvado no Facebook e no Twitter.

Notícias: Benfica