Luís Filipe Vieira: «Benfica não deveria ir à Liga dos Campeões»


Luís Filipe Vieira: «Benfica não deveria ir à Liga dos Campeões»
O presidente do Benfica afirmou esta quinta-feira, no programa Grande Entrevista da RTP1, que mesmo que o FC Porto fosse impedido de participar na próxima edição da Liga dos Campeões, no âmbito do processo "Apito Final", o clube da Luz não deveria jogar na referida competição. «Eu tinha uma posição clara de que o Benfica não deveria ir à Liga dos Campeões», defendeu Luís Filipe Vieira, justificando: «Não quero ganhar fora do campo».



Perante a decisão do Tribunal Arbitral do Desporto (TAS) em permitir que o FC Porto participe na próxima edição da Champions, recusando os recursos de Benfica e Vitória de Guimarães contra a decisão da Comissão de Apelo da UEFA, o líder do clube "encarnado" não assumiu uma posição de derrota. «Recebemos a notícia com a naturalidade de quem sabe que tem a razão», referiu Luís Filipe Vieira.

O presidente benfiquista fez ainda questão de explicar que actuação do clube da Luz em todo o processo tem um único objectivo, que é «lutar pela verdade no futebol», ressalvando que «a decisão final não está tomada, mas apenas adiada».



Vieira voltou a criticar Gilberto Madaíl, considerando que «não tem sido frontal». Por outro lado, referiu que Hermínio Loureiro «está a fazer um bom trabalho», apesar de defender que o presidente da Liga «está a ser pressionado» e que «devia ter a coragem para denunciar isso».

Relativamente a reforços para a próxima época, Luís Filipe Vieira revelou que o mercado ainda não está fechado para o Benfica e admitiu que Carlos Queiroz foi um dos treinadores pretendidos por Rui Costa. «Havia três opções: Eriksson, Quique Flores e Carlos Queiroz», revelou.

Para temporada 2008/09, o presidente dos "encarnados" advogou que pretende um Benfica vencedor e descartou quaisquer responsabilidades nas duas últimas épocas falhadas.



Imagem: Lusa



Notícias: Benfica