Luís Filipe Vieira: "Racismo não faz parte do Benfica"

O presidente dos encarnados comentou pela primeira vez os alegados insultos de Javi García a Alan.

Luís Filipe Vieira comentou pela primeira vez os alegados insultos de Javi García a Alan, à margem de uma gala da Confederação do Desporto de Portugal (CDP).

O presidente do Benfica defendeu o médio espanhol e afirmou que as acusações do brasileiro são falsas porque o racismo não existe no clube da Luz.

"Esta gala é o local apropriado para dizer, alto e em bom som, que o racismo não faz parte da história e da maneira de estar do Benfica", começou por dizer o líder dos encarnados, na noite passada.

Luís Filipe Vieira alertou ainda: "Nem sempre é quem mais grita quem tem razão. Há coisas que não são para resolver na comunicação social, mas sim no sítio certo".

"O Benfica é de Portugal, de Angola, de Moçambique, de São Tomé, do Brasil...", continuou o presidente, antes de defender o espanhol: "O Javi é um grande profissional, confio na palavra dele e no seu carácter".

A gala decorreu no Casino Estoril, onde o CDP premiou o Benfica e o Sporting com o prémio Alto Prestígio.

Notícias: Benfica