Por um lugar ao sol...

Para começar, sabemos de antemão que Cardozo é o avançado nº 1. E Quique Flores espera outro avançado de qualidade. Isto à priori faz de Nuno Gomes terceira opção do ataque que, com o seu estatuto, tem salvaguardado o seu lugar no plantel.Então temos 3 avançados, mais Mantorras, Dabao, Makukula e Nélson Oliveira. Os dois primeiros dificilmente devem fazer parte do plantel. Fica então a escolha entre "Big Mak" e Nélson Oliveira (16 anos).Sem querer cair em elogios descabidos e exageradamente extraordinários, pareceu-me que este jovem jogador mostrou que pode ajudar a equipa mais do que o Makukula o pode fazer. Durante aquele jogo contra o Estoril revelou grande toque de bola e sobretudo nunca se escondeu do jogo, o que revela uma enorme dose de confiança, digna dos grandes craques.Fontes que acompanham diariamente as camadas jovens do Benfica sempre disseram que este jovem não engana e todos lhe traçam um futuro risonho. E do jogo de sabado, pareceu-me um jogador à vontade tecnicamente, mesmo que tenha perdido uns duelos fisicos, mas é normal visto ele ter ainda um corpo pouco evoluido do ponto de vista muscular.Mas o que me leva a questionar a presença do Nélson no lugar de Makukula é que o Benfica passa 90 por cento dos jogos da época a dominar o jogo, com capacidade técnica e rapidez para guardar a bola. E todos sabemos que estes não são os pontos fortes de Makukula.Então questiono os Relvas sobre se é realmente necessário manter um jogador que como único ponto forte tem a altura, quando temos ao nosso dispôr um jogador que se enquadra melhor na forma de jogar da equipa.Os jogadores técnicos sempre se revelam importantes em equipas que dominam e a idade não é nenhum obstáculo a isso: Cristiano Ronaldo, Messi, Bojan, Raul, Fernando Torres ou até Anderson, que esteve no FCP, aos 16/17 anos eram já peças importantes das suas equipas, sendo ainda extremamente jovens.pisca-pisca

Notícias: Benfica