Rui Costa arrisca suspensão e pode não ir ao Dragão


Rui Costa arrisca suspensão e pode não ir ao Dragão
Rui Costa poderá vir a ser suspenso pela Comissão Disciplinar da Liga depois da confusão instalada no túnel do Bessa, no fim do Boavista-Benfica (0-0) de domingo. Um eventual castigo ao "maestro" depende do que constar nos relatórios do jogo, mas poderá estar em causa uma suspensão de 1 a 4 jogos e em risco a ida ao Dragão.



Para já nenhum dos clubes comentou os incidentes verificados no túnel do Bessa que vêm relatados na imprensa desportiva. Aparentemente,
Rui Costa terá manifestado toda a sua ira para com Lucílio Baptista depois de o árbitro de Setúbal não ter marcado duas alegadas grandes penalidades que as águias reclamam a seu favor.


No jornal O Jogo anuncia-se que Rui Costa estava «furioso» com Lucílio Baptista. E o Record realça que o "maestro" «tentou invadir a cabina do juíz de Setúbal» e que foi impedido por Manuel Barbosa, delegado ao jogo do Boavista. Rui Costa e o dirigente axadrezado ter-se-ão então envolvido numa acesa discussão. Petit terá amenizado o caso e as forças policiais terão sido chamadas a intervir para retirar o futuro director-desportivo do Benfica do local.

O relato dos incidentes do Maisfutebol fala numa «acalorada troca de impropérios entre Rui Costa e Lucílio Batista» e diz que «o médio do Benfica estava descontrolado» e que «tentou seguir Lucílio até ao seu balneário».

À luz destes dados, Rui Costa poderá arriscar uma suspensão de 1 a 4 jogos. Os Regulamentos Disciplinares definem no artigo 125 nº 1, relativo ao «uso de expressões ou gestos ameaçadores», e no artigo 126 nº 1 referente às «injúrias e ofensas à reputação», as penas de suspensão de 1 a 4 jogos e multa de 500 a 5 mil euros para os casos em que tais ofensas recaiam sobre a equipa de arbitragem.

No artigo 131 fala-se ainda na pena de advertência para as situações de protesto ou comportamento incorrecto» dos jogadores para com os homens do apito.


Eventuais sanções ao número 10 da Luz dependem assim do que for escrito nos relatórios de jogo do árbitro, dos Delegados da Liga e das forças policiais. É de supôr que a Comissão Disciplinar abra um inquérito ao caso, surgindo assim dúvidas quanto a uma eventual suspensão a Rui Costa que o possa afastar do jogo com o Porto da jornada 27.

Esta não é a primeira vez que o túnel do Bessa acolhe incidentes no final de um jogo da Primeira Liga. Em Abril de 2005, após um Boavista-Sporting também dirigido por Lucílio Baptista, Sá Pinto terá agredido João Freitas, dirigente do Bessa. O juíz de Setúbal exibiu cartões vermelhos a Sá Pinto, Rui Jorge e William no decurso da confusão.


Fotos: Lusa


Notícias: Benfica