Rui Gomes da Silva: "Benfica foi avisado do que poderia acontecer"

Dirigente dos encarnados lança acusações sobre arbitragem do jogo com a Académica. "Se quiserem enco

Rui Gomes da Silva, vice-presidente do Benfica, denunciou esta segunda-feira que o clube foi alertado para o que poderia acontecer no jogo com a Académica, em Coimbra. Em causa estão as duas grandes penalidades polémicas marcadas pelo árbitro Carlos Xistra contra os encarnados.

“O Benfica foi avisado de que poderia acontecer esta situação em Coimbra e o Benfica também sabe que essa mesma mensagem chegou ao senhor Vítor Pereira [presidente do Conselho de Arbitragem da FPF]. Investiga-se tanta coisa em Portugal, é bom que também nesta matéria haja investigação por parte das autoridades competentes”, acusou o dirigente à rádio Antena 1.


Encomendar as faixas - "Aquilo que se está a passar é [alguém] gerir para depois poder encomendar as faixas. Se quiserem encomendar as faixas, digam, para passarmos a jogar para o segundo ou terceiro lugar. Sabemos que temos razão, sabemos que temos a melhor equipa e o melhor futebol, e temos de provar a toda a gente que estão a tentar afastar-nos do primeiro lugar. E contra isso não nos vamos calar", acrescentou o dirigente.

Segundo o vice-presidente, o este é um modelo que acontece "ou nas primeiras jornadas, para depois gerir a diferença pontual de maneira a que possam encomendar as faixas, ou, quando não conseguem resolver assim, como não conseguiram no ano passado, é sempre no período em que o Benfica tem dois jogos fora".

"Estes senhores nunca se enganam contra o FC Porto" - Rui Gomes da Silva foi mais longe, apontando nomes: “Vejam-se os últimos cinco anos de arbitragens, como as de Pedro Proença, Olegário Benquerença, Carlos Xistra, Soares Dias, João Capela, Hugo Miguel e Rui Silva. Mas será tudo por mero acaso? Estes senhores nunca se enganam contra um determinado clube, o FC Porto. De que nos adianta que o árbitro assistente do último Benfica-FC Porto venha dizer que teve um momento de desconcentração? Esse momento de desconcentração valeu um campeonato ao FC Porto! Num FC Porto-Benfica nunca há momentos de desconcentração a favor do Benfica. Num FC Porto-Sporting, nunca há momentos de desconcentração a favor do Sporting”.

“Gostava de perguntar ao senhor Vítor Pereira quem é que manda nas nomeações” – continuou - “se é ele ou se é o senhor Antonino Silva, que tem uma intimidade muito grande com os dirigentes do FC Porto. Também gostaríamos de saber quem manda nas nomeações dos observadores, se é o senhor Vítor Pereira, ou se é o senhor Domingos Gomes. Ou o senhor Vítor Pereira diz que não manda, que são as outras pessoas, ou então só tem uma opção, que é demitir-se".

"Ontem, o senhor Vítor Pereira estava presente nas comemorações do 102.º aniversário da Associação de Futebol de Lisboa e viu-o com cara muito preocupada com as notícias que lhe chegavam de Coimbra. Ouvi também o presidente da FPF, Fernando Gomes, dizer que a responsabilidade deveria ser assacada ao responsável pela arbitragem [Vítor Pereira]. Disse isso com ele lá presente", concluiu o dirigente encarnado.

 

Notícias: Benfica