Rui Santos: "Do 'Quase Sporting' ao... 'Talvez Sporting'"

O comentador questionou no programa Tempo Extra a viabilidade do clube de Alvalade: "Talvez haja nec

No Tempo Extra deste domingo, Rui Santos analisou o desempenho das equipas na Taça da Liga: “O Sporting não se deve queixar em primeiro lugar da arbitragem. Não é aceitável que, jogando duas vezes em casa [Moreirense e Gil Vicente], o Sporting não tenha conseguido registar qualquer vitória, num grupo teoricamente acessível. Foi muito fraco o futebol produzido”. O comentador da SIC entende que “os últimos treinadores que têm passado por Alvalade são mais vítimas de diversos défices estruturais existentes”, mas crê que “Domingos também tem cometido muitos erros e deve assumir as suas responsabilidades. As declarações que produziu ultimamente [Fórum dos Treinadores] revelam críticas claras ao tipo de jogadores contratados”. Rui Santos considera que “um treinador não pode estar dissociado do processo de aquisições de jogadores. Não faz sentido os treinadores perceberem a posteriori os jogadores que têm ao dispor”.

Sobre as conclusões da auditoria financeira levada a cabo sob o patrocínio de Godinho Lopes, o comentador da SIC e cronista do Relvado sublinhou “a importância do ato”, mas entende que “não cabe a Godinho Lopes absolver a ação dos seus antecessores”. Rui Santos acentuou as dificuldades por que passa o clube de Alvalade e diz que “o tempo não é para brincadeiras. O Sporting debate-se com um problema de sobrevivência”. E foi mais longe na sua análise: “Não é possível resistir a esta realidade -- em custos com pessoal e juros bancários o Sporting ultrapassa as receitas globais que consegue realizar num ano. Assim não é possível e a sensação que se colhe é de ingovernabilidade”.

“Vender a Academia pode ser uma necessidade e uma das soluções”

Rui Santos acentuou a dificuldade de aparecer um investidor que tenha vontade de entrar com capital no Sporting, sabendo-se que “100 M€ apenas chegam para pagar custos com pessoal durante cerca de dois anos e meio”. E disse mais: “o Sporting está a ser vítima de alguns negócios ruinosos, desde a venda dos terrenos e a construção do novo Estádio até à desastrosa política de aquisições, no futebol profissional”. O comentador da SIC diz que “mesmo ao nível da venda de jogadores é preciso considerar que os passes dos jogadores, na sua esmagadora maioria -- e deu os exemplos de Wolfswinkel e Rinaudo -- pertencem ao Sporting em percentagens reduzidas”. Isto para realçar que “o Sporting tem quase nada para alienar e talvez haja a necessidade de vender a Academia, ainda que quem compre tenha o problema do PDM para resolver”. O comentador da SIC deixou uma ideia: “Será que a FPF poderia interessar-se pela Academia do Sporting para ali fazer funcionar a Casa das Seleções?”

O regresso de Lucho e a estreia de Janko

Rui Santos comentou ainda a estreia de Janko e o regresso de Lucho ao FC Porto: “As exibições de ambos foram importantes para um futebol mais conseguido”. O comentador da SIC adiantou que “Lucho pode ser o líder dentro do campo que o FC Porto necessitava” e que “a presença de Janko na área vai obrigar o FC Porto a canalizar jogo pelas faixas laterais. Nesse aspeto -- observou -- a utilização de Danilo na direita dá mais profundidade ao corredor”. Rui Santos deixou claro que, “com estes jogadores, o FC Porto apresenta-se agora mais forte e equilibrado”.

A estreia de Yannick Djaló no Benfica

Rui Santos analisou ainda a contratação de Yannick Djaló pelo Benfica: “Vai ser difícil conquistar um lugar como titular, porque a concorrência é forte e Jorge Jesus tem de olhar à gestão dos equilíbrios no balneário, mas o treinador do Benfica reúne todas as condições para ser um dos poucos treinadores a ser capaz de potenciar as características de Yannick Djaló”, dando os exemplos da transformação que sofreram, com ele, jogadores portugueses como Fábio Coentrão e Carlos Martins.

No inquérito telefónico do Tempo Extra desta semana perguntava-se “quem é o maior responsável pelo mau momento do Sporting?”. A hipótese de resposta “Arbitragens” foi a mais votada.

Notícias: Benfica