Vieira segura núcleo duro

Jardel, Fejsa e Jonas são peças chave para Rui Vitória

Fazendo jus à máxima 'em equipa que ganha não se mexe', Luís Filipe Vieira quer travará qualquer saída do sector mais recuado da equipa, tendo deixado claro que não pretende promover qualquer alteração no conjunto de centrais ao dispor de Rui Vitória.

Até aqui, as ‘águias’ têm resistido às propostas que chegam à Luz – de oito milhões, por Jardel, e de sete milhões, por Lisandro López – e apenas uma proposta milionária poderá mudar o atual cenário.

O presidente do Benfica apenas pretende recorrer ao mercado para reforçar o sector caso se verifique alguma saída, sendo que Victor Lindelof é, neste momento, o único com esse cenário no horizonte, embora só uma proposta irrecusavél o face ceder.

Jornais ingleses e espanhóis têm dado conta da disponibilidade de Manchester United, Barcelona e Real Madrid para bater a cláusula de rescisão de 30 milhões de euros do internacional sueco, uma situação relativamente à qual o Benfica nada poderia fazer.

A Fiorentina foi um dos interessados em Lisandro Lopez e também fez abordagem por Fejsa. O Enacampeão é uma peça nuclear para Vitória e Vieira descartou a hipótese de saida.

Já para segurar Jonas, que também prefere continuar a jogar na Europa, Vieira recusou negociar o jogador abaixo da clausula de rescisão. Os chineses também não dispostos a pagar tanto por um jogador com 32 anos.

Notícias: Benfica