Estará um dos pilares que sustenta o futebol, podre?

Num mundo global de mercado, em todas as actividades, só vinga quem é inovador e quem busca a melhoria contínua como premissa essencial para a qualidade.No meu ver, o futebol está forçosamente estagnado. A estagnação está impressa por "velhotes do Restelo" que não lhes interessa minimamente a verdade desportiva, mas sim um estado de situação maliável em que é possível alterar a verdade conforme as conveniências.Eu deixo aqui algumas medidas que poderiam evitar erros e que penso que são de senso comum:- Reduzir o tempo de jogo para 30 ou 35 minutos por parte, com paragem de relógio sempre que o jogo é interrompido, a fim de evitar as perdas de tempo.- Uso de sensores no campo e na bola para assinalar bolas fora do campo ou golos.- Uso de sensores nos jogadores para definição de fora de jogo.- Recurso a imagens televisivas para análise dos lances mais complicados (não forçosamente câmaras de televisão dos diversos canais, mas sim câmaras especificas e estrategicamente colocadas perto das grande áreas.melrinho

Notícias: Diversos