As expulsões fazem algum sentido?

Olhando para o jogo da Taça da Liga entre o Sporting e o Benfica, verificamos que a partida ficou praticamente decidida com a expulsão de João Pereira logo aos 6 minutos! Uma entrada muito dura e descuidada, fez decidir o jogo logo no seu início! Mas, o que acontece aos espectadores que pagaram o seu bilhete para ver um jogo completo?Talvez que, na altura em que não se podiam fazer substituições, as expulsões como existem fizessem algum sentido, já que garantiam que a equipa do faltoso não ficava favorecida se o adversário se tivesse lesionado e fosse obrigado a sair. Mas hoje em dia, em que o futebol é profissionalizado e um espectáculo caro qual a lógica de reduzir uma equipa e estragar o jogo? Porque se castiga uma equipa duplamente?O castigo deveria incidir no jogador e não na formação em que alinha! Porque não, eventualmente depois de um período de tempo (10 minutos) de exclusão, o jogador ser substituído? Não garantiria a verdade desportiva? Não garantia que um eventual erro do árbitro não decidisse o jogo? Não seria mais respeitador dos direitos do espectador que paga caro?Claro que eu sei que vão dizer que assim qualquer um tentava anular um adversário porque a equipa não ficava com 10. A esses respondo que tal nunca se verificou nos outros desportos em que deixou de se reduzir uma equipa e nem sequer houve, antes pelo contrário, um aumento das sanções!Como adepto de futebol, mesmo quando é a minha equipa a ser beneficiada, odeio decidir um jogo com uma expulsão! Mesmo se for por acumulação de amarelos pois acho anti-desportivo! Vamos mudar?dragao13

Notícias: Diversos