Quem dá de comer ao jornalismo?

O que faz com que um jornalista ouça de Soares Franco tantas referências ao que está podre no futebol português e não lhe pergunte porque votou em Valentim Loureiro? O que faz com que os jornalistas façam entrevistas a Pinto da Costa onde ele diz que foi ilibado de tudo e não o confrontem com as escutas que comprovadamente aconteceram, mas que devido a uma inconstitucionalidade ou prescrição não vão avante? Porque se deixa Filipe Vieira falar em transparência sem questionar o "Caso Mantorras", as escutas de Veiga ou mesmo o facto de após ter sido mencionado no "Apito Dourado" se ter calado?Mas quem é esta mão que alimenta o jornalismo desportivo que obriga os jornalistas a esta paz podre de não confrontação dos dirigentes desportivos? É que eu sempre pensei que fosse o desporto em si, os seus adeptos e consequentemente a verdade desportiva.tirodrigues

Notícias: Diversos