As saudosas cadernetas de cromos

Parece que essa tradição, nestes tempos, já está um tanto ou quanto esquecida, mas nos anos 70, 80 e 90 do Século passado, estava em grande!
Não havia miúdo na escola que não tivesse consigo o seu maço de cromos repetidos, enrolados num elástico, prontos a serem trocados com
os colegas! E eu não era excepção!Gastavam-se pequenas fortunas (para nós, que éramos putos e não tínhamos muito dinheiro no bolso!) na compra de carteirinhas, com a
poupança do dinheiro do lanche que os pais nos davam! A primeira Caderneta de colecção de Cromos que fiz foi a do México86 em
que a mascote era o "Pique"! (E ainda me lembro de ter o boneco do "Naranjito", do Mundial de Espanha de 82 em casa!)
Não consegui completar a Caderneta do México86, mas lembro-me de várias caras e ainda hoje guardo a Caderneta no baú das memórias! O cromo
que nunca me esqueci: o cromo do André, da Selecção Nacional, com um penso na cara!Também fiz as Cadernetas do Itália90, a mascote era o "Ciao" e também não a consegui completar! Cromos difíceis, lembro-me, eram
o do Caniggia da Argentina! E fiz também a do USA94 que, para mim, foi dos melhores Mundiais de sempre, apesar dos americanos
se estarem a marimbar para a bola! Não cheguei a fazer mais colecções de Cadernetas de Mundiais, tendo falhado as da França98, Coreia/Japão02 e
Alemanha06, até porque a tradição das colecções de cromos se começou a esfumar.De todas as cadernetas de futebol que fiz, só consegui completar uma, a do Mundial de 1994 nos Estados Unidos! E o último cromo que me faltava
foi um jogador da Selecção Americana, de nome Hugo Perez, um centrocampista! Às tantas, já tinha tanto cromo repetido que comprei uma
2ª caderneta e quase que a completei também!Para além das Cadernetas de Mundiais, também fiz a do Euro96 na Inglaterra, em que estivemos em grande, após um interregno de 12 anos
sem nos apurarmos para um Europeu de futebol! Depois fiz também colecção de Cadernetas manhosas (não eram da Panini) do Campeonato Nacional
de futebol, nos primórdios dos anos 90, ficando-me nomes na retina como Taofik (Guimarães), Caccioli (Gil Vicente), Paco Fortes
(Farense), Lewis (Felgueiras), Bobby Robson (Sporting), Jimmy Hasselbaink com uma enorme argola a fazer de brinco, parecia
um pirata (no Campomaiorense!), entre outros!Lembro-me que nesses tempos não eram só os putos que coleccionavam cromos! Amiúde trocava cromos com adultos, homens de 50 e tais anos,
verdadeiros apaixonados e coleccionadores de cromos! À medida que se deixa a infância e se abandona a escola, torna-se difícil coleccionar,
pois perde-se o contacto diário com outros coleccionadores, pois na escola era fácil, todos coleccionavam, o que facilitava as coisas! Mas se
algum dos relvas mantém a paixão das colecções de Cadernetas, e já que vem aí o Mundial de 2010 na África do Sul, podíamos criar
um circuito neste fórum, para coleccionadores, onde se poderia facilmente fazer trocas de cromos, num universo de vários relvinhas
que potencialmente aderissem à colecção!Sartor

Notícias: Diversos