Velocidade, adrenalina e desportos aquáticos para o verão: como alugar um barco sem pagar muito e sem carta de marinheiro

Está à procura de aventura este verão? Graças a soluções inovadoras, alugar barco é agora acessível.

Está à procura de um pouco de aventura este verão? Graças a soluções inovadoras, alugar um barco é agora uma opção muito mais acessível para o grande público.

Nas próximas férias, aposte num aluguer de barco para encontrar toda a liberdade perdida durante o confinamento e ligar-se de novo à natureza. Enquanto o aluguer de um barco a motor ou de um jet-ski pode ser a melhor opção para os amantes de velocidade e de esportes aquáticos de tração, um aluguer de catamarã, iate ou veleiro pode ser a escolha correta para cruzeiros maiores ou em grupo.

Alugar um barco é também redescobrir os seus destinos favoritos em Portugal e no mundo através do mar! Divida bons momentos em família ou entre amigos a deslizar sobre as ondas do Mediterrâneo ou da Costa Atlântica. Com a embarcação correta, terá todo o espaço necessário para partilhar refeições ao pôr-do-sol ou para cruzar os oceanos em viagens maiores. Fuja das praias mais agitadas e conhecidas e encontre recantos acessíveis apenas por barco, como ilhas desertas, grutas e locais de mergulho.

 

Soluções em conta disponíveis para os não-detentores de Carta de Marinheiro

A Carta de Marinheiro, ou Carta de Navegador de Recreio, assim como os altos preços do setor, sempre se mostraram uma barreia para os marinheiros que desejam buscar sua primeira experiência no mar. É neste contexto que soluções como a Click&Boat se inserem, buscando, sobretudo, democratizar o acesso aos oceanos. A novidade é poder alugar barcos com capitão, o que elimina a necessidade da habilitação para conduzir os veículos.

Para os que desejam, no entanto, pilotar os seus próprios barcos, basta obter formação com aproveitamento numa das entidades formadoras. As habilitações distribuídas pela Direção-Geral de Recursos Naturais, Segurança e Serviços Marítimos (DGRM) possuem 6 categorias que vão de “Marinheiro Júnior” a “Patrão de Alto Mar”, esta última permitindo a condução de embarcações de recreio sem limite de área.

Notícias: Diversos