Domingos Paciência : "Não esperava a derrota"

"Se o árbitro tivesse visto a jogada do Matías da mesma forma...", lamentou o técnico.

Domingos Paciência demorou a comparecer na zona de entrevistas rápidas, mas apareceu depois, com um ar claramente abatido e triste, após a derrota do Sporting frente ao Gil Vicente.

O treinador leonino disse que "não esperava a derrota" que ditou a eliminação da sua equipa da edição deste ano da Taça da Liga.

"Com o que vi na primeira parte, pensei que no segundo tempo íamos fazer melhor, mas a grande penalidade mudou o rumo do jogo", analisou Domingos, antes de falar de outra grande penalidade que, no seu entender, deveria ter sido assinalada.

"Se o árbitro tivesse visto a jogada do Matías da mesma forma... Teria sido diferente", comentou o técnico.

Domingos acrescentou que o Sporting falhou também "na concretização", mas o "jogo complicou-se a partir da expulsão".

Segue-se a meia final da Taça de Portugal, com o Nacional: "Esta derrota não pode afetar de maneira nenhuma. Contávamos ganhar, passar à fase seguinte, mas seguimos em frente. Que não haja muitos jogos iguais a estes".

Paulo Alves: "Fomos uns justos vencedores"

Do lado vencedor, Paulo Alves salientou o "mérito" do Gil Vicente em sair de Alvalade com uma vitória.

"O Sporting teve algumas oportubnidades, num período curto da partida, mas resto do jogo é nosso. Tivemos velocidade, posse de bola, qualidade de jogo", analisou o treinador dos minhotos.

"Fomos uns justos vencedores, vamos para a meia final com todo o mérito e vontade de fazer mais e melhor", finalizou Paulo Alves.

Notícias: Gilvicente