Cancelo foi o segundo jogador mais valorizado segundo Observatório Internacional

Passe do internacional português já vale 74,2 milhões de euros.

O defesa-direito internacional português João Cancelo, companheiro de Cristiano Ronaldo na Juventus, foi o segundo jogador com maior valorização absoluta no último trimestre, segundo um relatório do Observatório Internacional de Futebol, CIES.

De acordo com o CIES, João Cancelo, jogador formado no Benfica e que passou pelo Valência antes de se transferir este ano para a heptacampeã italiana, viu o seu valor passar de 27,8 milhões de euros (ME) para 74,2 milhões de euros - havendo no entanto especialistas que apostam que o jovem defesa-direito irá valorizar-se ainda mais.

Cancelo, que nasceu a 27 de maio de 1994, no Barreiro, apenas foi superado pelo avançado inglês Jadon Sancho, do Borussia Dortmund, líder da liga alemã, que passou de 9,7 ME para os 87,9 ME. O lateral direito tem 24 anos, 1.82m de altura, pesa 72kg e joga preferencialmente com o pé direito.

A carreira de Cancelo teve início no clube da terra, o Barreirense, e a qualidade que aí demonstrou cedo despertou o interesse do Benfica. Em 2008, o último ano do escalão iniciados, o lateral transferiu-se para o Seixal. Esteve oito anos no Benfica, onde brilhou nos escalões de formação.

Além de Cancelo, que ainda esteve emprestado uma temporada pelo Valência ao Inter de Milão, o top-20 neste trimestre inclui outro jogador luso, Bernardo Silva, igualmente formado nos 'encarnados' e que atua no campeão inglês Manchester City, depois de ter passado pelo Mónaco.

Bernardo Silva, que já se sagrou campeão em França pelos monegascos e também pelos 'citizens', ocupa a sexta posição na tabela de valorização absoluta, tendo valorizado de 98,8 ME para 128,6 ME.

Jadon Sancho evidenciou-se no arranque de época pelo Dortmund, na qual disputou já 14 jogos e marcou cinco golos na 'Bundesliga', além de ter atuado nos cinco encontros da 'Champions' e anotado um tento, tendo visto o valor de mercado 'disparar' 806%, que o coloca também na liderança da tabela de valorização relativa.

Notícias: Internacional