Coração galês no caminho português

Bélgica esteve a vencer mas País de Gales deu a volta e ganhou por 3-1.

Portugal-País de Gales. É esta a primeira meia-final desenhada no Europeu 2016. Alguém previa este duelo em fase tão avançada do torneio em França? Provavelmente não, mas é o que vai acontecer na próxima quarta-feira, depois de os britânicos terem derrotado a Bélgica por 3-1 nesta sexta-feira. A Bélgica esteve a ganhar mas o coração galês deu a volta e estará no caminho português.

Bom jogo. Logo aos 11 minutos um grande golo de Nainggolan, ao ângulo, poderia fazer antever um domínio belga. Engano. O País de Gales entrou mal, a deixar espaços, desorientado, mas depois animou-se, reagiu, tomou conta da bola e do jogo, em alguns momentos. E aproveitou as ausências de Vermaelen e de Vertonghen na defesa belga para, num canto, Ashley Williams empatar à meia hora.

No início do segundo tempo um belo trabalho de Robson-Kanu dentro da área deu a volta ao marcador. O País de Gales tem mais garra, a Bélgica mais "estrelas". Mas as vedetas voltaram a não funcionar como equipa e o pontapé para a frente não resolve as situações. Ainda por cima contra os galeses. Ainda houve duas amostras: Fellaini e De Bruyne. Mas pouco convincente. E um contra-ataque fechou as contas, com golo de Sam Vokes.

Este desfecho prova que a tabela oficial da FIFA pouco importa para cada jogo: nesta noite a 26.ª classificada levou a melhor sobre aquela que, dizem os números, é a segunda melhor seleção do mundo.

Notícias: Internacional