Empate garante meia-final do Europeu Sub-21

1-1 bastou também para qualificar Portugal para os Jogos Olímpicos 2016

A Seleção Sub-21 apurou-se para as meias-finais do Campeonato da Europa e para os Jogos Olímpicos no Rio de Janeiro 2016 após empate com a Suécia.

Portugal começou bem a partida pressionando os suecos e dispôs de boas oportunidades para se adiantar no marcador, nomeadamente aos 7' quando um improvável William Carvalho surge na cara do guarda-redes escandinavo, qual ponta-de-lança, não conseguindo porém finalizar com sucesso; depois aos 13 foi a vez de outro médio tentar a sorte: Sérgio Oliveira fez uso do seu pior pé, o esquerdo, e ainda assim falhou por pouco o canto superior esquerdo da baliza sueca num remate desferido fora da área. Portugal baixou o ritmo e a Suécia equilibrou as operações não se registando grande perigo em nenhuma das balizas até a conclusão dos primeiros 45 minutos.

Na etapa complementar a equipa das quinas começou novamente melhor porém sem o mesmo fulgor evidenciado no inicio da partida. O relógio marcava uma hora de jogo quando Ricardo Pereira, em plena área, passa por Lindelof que parece derrubar o dianteiro luso, o árbitro muito perto do lance mandou seguir. Aos 76', havia já entrado Gonçalo Paciência e foi este jogador que roubou a bola a Baffo, na área viking e serviu o também recém-entrado Iuri Medeiros, com o sportinguista a proporcionar a defesa de Carlgren.

O keeper sueco seria no entanto impotente para, aos 81 minutos, parar o remate do ponta-de-lança Português. Bom trabalho sobre Milosevic e remate rasteiro à entrada da área.

Portugal festejava, os Italianos com certeza também, mas os Suecos não desistiram e com um pressing final acabaram por empatar o jogo por intermédio de Tibbling: pontapé longo para a área, Milosevic ganha nas alturas a Tobias Figueiredo e a bola sobra para Tibbling, que trabalha bem e remata de pé esquerdo com a bola a desviar num jogador português e a bater Sá.

Portugal ganha assim o grupo e vai disputar um lugar na final com a forte seleção alemã. A Escandinávia vai ter um representante na final uma vez que a outra meia final vai ser disputada entre Dinamarca e Suécia.

Notícias: Internacional