Nestor Coratella: o pseudo craque do Danúbio...

A questão é que Coratella não existe. O jogador e a venda foram frutos da invenção de um grupo de internautas, que fizeram apenas uma brincadeira, inclusivé pondo vídeo-montagens com o mesmo no Youtube, e criando uma página de Facebook onde o mesmo se mostrava radiante por se juntar ao clube espanhol!O jornal Observa, do Uruguai, foi o responsável por desvendar a farsa quando recebeu ligações de jornalistas espanhóis que buscavam informações sobre Coratella. Ao entrar em contacto com o Danúbio, o jornal uruguaio descobriu que ele pura e simplesmente não existia.Caso um caso como este acontecesse em Portugal, como seria gerido inicialmente pelos nossos "criativos" jornais desportivos?Ricardo Qaresma

Notícias: Internacional